Resultado da Eleição para Conselho Deliberativo da Mutuoprev – Triênio 2018/2021

Prezados Participantes,

Segue o resultado da Eleição para o Conselho Deliberativo da Mutuoprev – Triênio 2018/2021.

Guarany Caetano de Castro:                        154 votos

João Baptista da Silva:                                        88 votos

Roberta Rodrigues Correa de Oliveira:         102 votos

Valter Antonio Bergamasco Junior:             121 votos

Brancos:                                                                  9 votos

Nulos:                                                                       0 votos

 

 

Leia mais

Patrimônio

O patrimônio da Mutuoprev é calculado em cotas e dividido de acordo com os aportes de cada participante definindo assim, o montante da reserva individual.

O patrimônio consiste na soma das contribuições individuais dos participantes e o montante destas contribuições formam o patrimônio da Entidade.

Quanto maior for as contribuições dos participantes maior será o patrimônio e o volume deste, facilita a Governança quando das aplicações financeiras em busca de retornos financeiros mais favoráveis para o participante.

O volume do patrimônio ajuda nas negociações da Entidade com o Gestor financeiro na diminuição das taxas administrativas dos Fundos e na proporção e pulverização dos Fundos que serão aplicados.

O retorno financeiro dos investimentos é o segredo das Entidades de Previdência que buscam constantemente um bom retorno financeiro com menor risco possível para garantir uma reserva matemática mais robusta a longo prazo.

As Entidades de Previdência Complementar são isentas do Imposto de Renda nas aplicações financeiras de seu patrimônio.

A longo prazo esta isenção faz uma diferença enorme no retorno da rentabilidade, incentivo este que as pessoas físicas ao fazer qualquer investimento não têm, pelo contrário tem o come cotas duas vezes ao ano.

Quanto mais contribuição e retorno financeiro o participante acumular na reserva matemática ao longo do tempo maior será o seu benefício.

Leia mais

Regulação e Fiscalização

A Mutuoprev em sua essência é administrada por uma governança que obrigatoriamente devem ser certificadas pelo órgão regulador.

Obedece a regras estabelecidas pela PREVIC, hoje subordinada a Secretaria da Fazenda da União, Banco Central e CVM, dentre outras.

Obrigatoriamente possui um Estatuto e Regulamento que tem que ser cumprido e submetido ao crivo dos participantes qualquer que sejam as alterações previstas no transcorrer do tempo.

Possui formalmente, aprovado pelos órgãos da governança da Mutuoprev, política de investimento que serve como balizador para as aplicações financeiras do patrimônio.

As aplicações financeiras obedecem a procedimentos de análise da Consultoria Financeira e colegiado do Comitê de Investimentos e Diretoria e são monitoradas se estão enquadradas na política de investimento pelo órgão regulador.

Leia mais

Desperte para a realidade

A Abesprev e a Banesmútuo conseguiram criar, implantar e manter em constante crescimento a Mutuoprev, com apoio e dedicação de pessoas que coadunam com este conceito: “proporcionar aos familiares a possibilidade de aderir ao Plano de Previdência Complementar com a mesma segurança e benefício de um Plano Patrocinado por uma empresa” .

Manter uma Entidade de Previdência Complementar própria para seus familiares é motivo de orgulho para os banespianos, pois são raras no Brasil as Entidades de classe e sindicatos que tem o privilégio de conceder esse benefício.

O momento é ímpar para você inscrever seus filhos e netos no Plano. O futuro da previdência oficial (INSS) poderá subsistir com restrições de benefícios.

A Previdência Complementar será a solução que o brasileiro não quer enxergar e que nos países desenvolvidos faz a grande diferença social.

Entre em contato conosco.

Leia mais

Podemos confiar na Mútuoprev?

Sim. Muito mais que confiar você pode acreditar. O seu dinheiro está sendo muito bem gerido pela Mutuoprev.

Temos consciência que nos dias atuais é difícil acreditar nas instituições e a sociedade procura algo supostamente mais estável para assegurar seu patrimônio.

Mas porque acreditar em  Mutuoprev?

Não há melhor fiscalização do que a do próprio participante!

Além da efetiva atuação do participante no acompanhamento e fiscalização do Plano, há também a participação do Conselho da Instituidora, da Governança, das Consultorias Atuariais, Contábil e Financeira, Auditoria externa e do órgão regulador ( PREVIC) faz com que o sistema seja gerido na forma da lei e dos regulamentos.

A gestão se pauta em quatro pilares: transparência, segurança, rentabilidade e liquidez.

A Mutuoprev, por ser sem fins lucrativos, pelo modelo de gestão e transparência no acesso as informações, proporciona à participante liberdade de acompanhar, avaliar e sugerir alternativas de aprimoramento de qualquer tipo de processo.

De acordo com a legislação da previdência complementar, o participante tem o direito de se eleger por meio do voto ao Conselho Deliberativo, e este indicar os Membros ao Conselho Fiscal e Comitê de Investimentos.

É bem diferente quando se trata das Entidades Abertas (PGBL/VGBL) que, além de ter fins lucrativos, não há liberdade de acesso ao participante de informações de qualquer natureza.

Leia mais
  • 1
  • 2